18-04-11

T. Janér - Apresentação de candidato a Gerente Industrial, com arrependimento posterior

Prezado Prof. Mínimo,

 

Atendendo à honrosa solicitação de V.Sas. fornecemos abaixo a nossa sugestão para que seja contactada e eventualmente contratada por V.Sas., uma pessoa qualificada e experiente, para a finalidade específica e temporária de recomendar, após um período de analises e estudos, num relatório técnico e detalhado, quais providencias deverão ser tomadas à curto e à médio prazo pela Direção do Jornal, dentro da área industrial, para conseguir melhores resultados na obtenção e manutenção diária de um padrão de qualidade de impressão (almejado por todos os jornais modernos da atualidade), ao mesmo tempo em que o horário e duração do tempo de produção do jornal, seja reduzido à um mínimo necessário, pré-estabelecido.

 

Embora a expressão "qualidade de impressão" possa estar sugerindo uma outra idéia, na realidade as suas impressoras propriamente ditas (uma delas precisa urgentemente de uma reforma completa) são responsáveis por apenas uma parte menor de todos os fatores que influenciam nesta qualidade, motivo pelo qual o estudo das providencias a serem tomadas vão desde e principalmente o setor de pré-impressão (fotos em preto e branco, seleção e correção de cores, calibragem, etc..), passando por todos os suprimentos (variáveis como filmes, chapas, tinta, solução de umectação, frizas, rolagem, facas, borrachas, etc..) e suas condições de recebimento, armazenamento e uso, incluindo aí também as condições ambientais nas quais são guardados e usados, no princípio e até o fim da rodagem do jornal e por fim, o fator humano disponível para todos os setores industriais do jornal, inclusive para a manutenção mecânica, elétrica e eletrônica de todos os equipamentos utilizados.

 

Na área de produção propriamente dita, antecipamos que parte da solução se acha na constante conscientização e estímulo das equipes, principalmente das suas chefias, através de entendimentos e reuniões freqüentes, aperfeiçoamentos e estágios em outras instalações especializadas e delegação de responsabilidades. A constante preocupação com a manutenção e a limpeza dos equipamentos, a analise antecipada dos produtos a serem impressos, o pré-ajuste dos equipamentos, o uso continuo de materiais e suprimentos de qualidade (a serem padronizados dentro da Empresa, depois de testados e aprovados) e o encontro da velocidade ideal para o ajuste das rotativas (que varia de equipe para equipe) constituem fatores importantes na tarefa de reduzir perdas e manter qualidade na impressão.

 

Como já é do seu conhecimento, o assunto é abrangente e implica na necessidade de contratar, pelo menos temporariamente, uma pessoa (ou mais), que entende profundamente de todas as áreas acima mencionadas, para que êxito possa ser obtido e o que provavelmente exigirá investimentos em outros novos, porém relativamente pequenos, acessórios para a área industrial (densitómetros de transmissão e reflexão - com escalas de referência, medidores de condutividade, sistemas de mistura e refrigeração da solução de umectação, durómetros, calibres, etc.., todos para serem efetivamente colocados em uso). Não bastará portanto, investir em bons equipes de produção, embora estes também serão cada vez mais indispensáveis.

 

É relativamente fácil encontrar pessoas que entendem tudo de um determinado setor ou do outro, mas os que:

 

- conhecem na teoria e na prática toda a área industrial, equipamentos, processos e operações, mecânicas e eletrônicas; 

- possuem facilidade honesta e franca de comunicação, verbal e por escrito; 

- não tém nenhum compromisso ou interesse com fábricas e fornecedores de máquinas ou equipamentos e suprimentos; 

- possuem experiencia no funcionamento interno de um jornal, inclusive no relacionamento com os setores de edição, comercialização e administração; 

e 

- tem espírito de liderança, com estrita obediência à hierarquia e sabendo lidar com os diversos escalões (inferiores e superiores) do jornal, evitando conflitos e mal entendidos;

 

são difíceis de encontrar, até mesmo na região centro-sul do pais.

 

Após ter meditado por alguns dias sobre o assunto e ter feito contato com pessoas informadas, sentimo-nos tranqüilos em recomendar, como opção inicial, uma aproximação com o Engº Enganador Máximo, consultor independente (NR: hahaha), com o qual nós da Cia T. Janér, não temos nenhum compromisso comercial, nem ele conosco e que atende a praticamente todos os requisitos acima delineados, tendo ele contribuido muito para a implantação de diversos jornais novos, modernos e coloridos, no Brasil (Minas Gerais, Bahia e Alagoas). É baiano, novo e interessado, possuindo diplomas universitários nas áreas de Engenharia Civil, Informática e Administração.

 

Ele atualmente se encontra em Alagoas, mas tem residência em Salvador e pode ser contactado, com a finalidade de marcar uma reunião para conversar sobre o assunto, em Salvador, sem nenhum compromisso antecipado, pelos telefones: xxxxxxx..

 

Para finalizar gostaríamos ainda de recomendar que durante todo o processo de consultoria (que poderá exigir diversas semanas de trabalho), caso ele, ou qualquer outra pessoa, vier a ser contratado, que então seja instruido para se reportar diretamente e somente a V.Sas., na condição de coordenador geral, tanto verbalmente, quanto na apresentação dos relatórios e conclusões, evitando desgastes e envolvimentos pessoais desnecessários (com o consentimento prévio de todos os demais responsáveis e chefias nos diversos departamentos industriais, inclusive os de compras e de manutenção).

 

Permanecendo a sua inteira disposição para o esclarecimento de qualquer dúvida, firmamo-nos,

 

Atenciosamente,

 

Rudo Van Leuven

09:41 Gepost door Rudoris | Commentaren (0) |  Print

De commentaren zijn gesloten.